As vezes, a depressão só é curada com medicamentos

Tomar medicamentos para depressão não faz você ser fraco ou incapaz. Confira.

 

A depressão é uma doença rodeada por tabus. A sociedade criou a cultura de ver a pessoa depressiva de maneira negativa e cheia de julgamentos, como se esse indivíduo estivesse fazendo “corpo mole” ou estivesse sem vontade de correr atrás dos desafios da vida.

A realidade é que a depressão pode se manifestar devido a um desiquilíbrio químico do cérebro e que, para conseguir a cura, o medicamento é a alternativa mais eficaz. Por isso, ignore pessoas negativas e pensamentos que sabotem sua saúde mental. Se você não está bem, chegou a hora de procurar ajuda médica.

As causas da depressão são numerosas, como fatores externos (morte, solidão), causas genéticas, consumo de substâncias (drogas e bebidas alcoólicas), alimentação incorreta, estresse, outras doenças, etc. Ao nível fisiológico, a depressão é causada por um desequilíbrio hormonal no cérebro.

A depressão atinge 4,4% da população mundial, ou 330 milhões de pessoas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), e é mais prevalente entre mulheres. No Brasil, a incidência da doença chega a 6%. Embora seja uma doença comum, a moléstia carrega estigmas que dificultam seu diagnóstico precoce e a adesão ao tratamento adequado.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *