46 0

Conheça a Super TPM que pode levar até mesmo à internação psicológica

Uma das experiências mais desagradáveis para as mulheres é lidar com a TPM durante seus ciclos menstruais. O corpo dói, surgem dores de cabeça, cansaço, alterações de humor e sensibilidade nas pernas e mamas.

Apenas 5% das mulheres do mundo sofrem de TDPM, o transtorno disfórico pré-menstrual que popularmente é conhecida como “Super TPM”. E uma das maiores dificuldades dessa condição é o diagnóstico rápido e correto. Segundo a Associação Nacional sobre a Síndrome Pré-Menstrual, no Reino Unido, leva muito tempo para uma mulher nessas condições ser lavada a sério e conseguir um tratamento adequado.

Como os sintomas são cíclicos, os psiquiatras às vezes acreditam que seja um transtorno bipolar, e então os pacientes seguem um tratamento durante anos com terapias e antipsicóticos como o lítio. Tudo isso sem solucionar nada.

Em geral, a melhor maneira de controlar sintomas cíclicos é com um gel cutâneo à base de estrogênio. Essa é a maneira segura de dominar o ciclo e os sintomas cíclicos.

Para amenizar o desconforto da TPM, recomenda-se aumentar a serotonina no organismo. Para isso, é indicada a prática de atividades físicas e o consumo de vitaminas como a B6. Além disso, o cálcio, o magnésio e a cúrcuma funcionam como cofatores da serotonina e ajudam o corpo a gerar mais neurotransmissores.

Alimentos com triptofano, como iogurte, castanha de caju, amendoim e chocolate ajudam, e em alguns casos, é necessário tratamento com remédios, como a fluoxetina.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *