Depressão: Como ajudar uma pessoa suicida?

Tirar a própria vida não é a saída e nem a solução de problemas. Confira.

 

Se você tem alguém na sua vida que está apresentando pensamentos suicidas, é extremamente importante mostrar empatia com o que está acontecendo. Jamais julgue ou “aponte o dedo”. Pode ser difícil, mas procure se colocar no lugar do outro e entender as dificuldades da pessoa.

Sempre coloque-se à disposição para ajudar no que for preciso. Estenda a mão e mostre que você é uma pessoa confiável. Quando for possível, ajude a pessoa a reconhecer as coisas positivas da vida, como o carinho dos parentes, do(a) namorado(a) e a beleza das vida.

Fique em alerta para não fazer a pessoa se sentir sufocada com suas preocupações. Nessas horas, vale a pena pedir para ela ensinar algo para você, como uma receita culinária, uma habilidade artística ou até mesmo mostrar como se joga um videogame que a pessoa goste. Dessa forma, ela se sentirá útil, e não excluída e esquecida.

Depressão e pensamentos suicidas não devem ser levados sem preocupação. Se você identificar isso em alguém da sua vida, procure um profissional e incentive a ajuda especializada. Existem alguns casos em que esse problema está relacionado à falta de equilíbrio químico do cérebro e a cura só acontecerá com o uso de medicamentos.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *