182 1

Qual é a diferença entre Homeopatia e Terapia Floral?

A homeopatia restaura o equilíbrio pelo uso de um medicamento semelhante à doença. A terapia floral chega ao equilíbrio por meio de virtudes opostas ao vícios da personalidade.

A maioria das pessoas não sabem diferenciar a homeopatia da terapia floral. Em geral, a confusão acontece porque os dois métodos visam um tratamento menos agressivo, baseado em ingredientes naturais e procurando sempre equilibrar o organismo.

Os franceses chamam a Homeopatia e a Terapia Floral de “Medicinas Doces”, pela possível ausência de efeitos adversos que provocam no paciente e pela característica energética de seus remédios, contudo são métodos bem diferentes quanto à forma de preparo de remédios e à forma de prescrição dos mesmos.

Para Hahnemann, criador da homeopatia, a causa da doença é o desequilíbrio da energia vital. Para Bach, criador da terapia floral, a doença é causada pelo conflito entre a personalidade e o Eu Superior.

Enquanto na homeopatia os medicamentos são produzidos a partir de substâncias de origem vegetal, mineral e animal, na terapia floral, eles são preparados somente com flores.

Um dos princípios da homeopatia é o remédio único, pelo qual se prescreve somente um medicamento para tratar o paciente em sua totalidade. Na terapia floral, podem ser indicadas várias essências ao mesmo tempo.

O medicamento homeopático deve ser diluído e dinamizado, por meio de sucussão, que são movimentos verticais repetitivos. Os florais são diluídos, mas não dinamizados.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *