A Importância de Adotar Hábitos Saudáveis para o Coração

No dia 29 de setembro comemora-se o Dia Mundial do Coração, sendo esta data voltada à conscientização da população sobre a importância de manter hábitos saudáveis para preservar a saúde desse órgão.

É através do coração que a circulação de sangue é promovida, o que garante a sua vitalidade ao organismo como um todo. Se não prestarmos a devida atenção a esse órgão, condições como hipertensão, arritmia cardíaca, infarto e, até mesmo, derrame cerebral podem se manifestar.

Por esse motivo, é extremamente importante adotar hábitos de saúde voltados especificamente para o coração. Confira a seguir quais são esses hábitos e o que você pode fazer para aumentar a saúde cardiovascular.

Exames de rotina

Realizar exames de rotina ao menos uma vez por ano é muito importante para a saúde de modo geral. Consultas médicas associadas a exames laboratoriais, auxiliam na avaliação de seus níveis hormonais, bem como se há alguma deficiência vitamínica e analisa o estado de saúde como um todo.

Através desses exames de rotina, o médico será capaz de verificar se existem indícios de alguma condição cardiovascular, o que é importante para prevenir doenças e para diagnosticá-las previamente para que não gere um prejuízo de maior escala.

Práticas de exercícios físicos

Práticas de exercícios físicos são essenciais para a manutenção da saúde. Além disso, a regularidade dessas práticas, em especial atividades aeróbicas, como a corrida, promove um grande benefício cardiovascular.

Esses exercícios têm um grande impacto sobre o cérebro, pois demanda uma maior quantidade de oxigênio das células musculares com relação ao estado em repouso. Isso faz com que os músculos cardíacos pulsem com uma frequência maior, justamente para irrigar o organismo com sangue oxigenado.

Exercitar os músculos do coração é uma ótima maneira de prevenir problemas hipertensão e arritmia cardíaca.

Uso de medicamentos e suplementos multivitamínicos

Diversos medicamentos podem ser receitados pelo médico para a melhora do sistema cardiovascular como um todo, como os medicamentos que auxiliam na diminuição do colesterol e anti-hipertensivos.

Uma alternativa, entretanto, é o uso de suplementos vitamínicos como o Forteviron Vitamin, que possui ácido D-Aspártico, auxiliando no aumento dos níveis de testosterona, que, por sua vez, atua sobre todos os músculos do corpo, incluindo o coração.

Diminuição do consumo de sal e açúcar

Consumir sal e açúcar em excesso, seja na preparação do alimento ou através do consumo de alimentos prontos, processados e ultraprocessados pode levar ao prejuízo da saúde cardiovascular.

O sal é conhecido por aumentar a pressão sanguínea e é exatamente por isso que deve ser consumido com cuidado. Já o açúcar, se consumido de maneira excessiva, pode levar à obesidade, que, por sua vez, traz consigo diversos problemas, como a diabetes, pressão alta, entre outros.

Alimentos que ajudam o coração

Existem diversos alimentos que podem ser inseridos na sua dieta para melhorar a saúde do coração. Dentre eles, podemos destacar algumas frutas, hortaliças, óleos vegetais, oleaginosas, laticínios e cereais.

Dentre os principais alimentos benéficos para o coração, destacamos alguns. Confira:

●     Açaí;

●     Jabuticaba;

●     Melancia;

●     Cupuaçu;

●     Abacate;

●     Rúcula;

●     Couve;

●     Óleo de soja;

●     Óleo de canola;

●     Óleo de girassol;

●     Leite desnatado;

●     Iogurte desnatado;

●     Aveia;

●     Linhaça;

●     Peixes.

Vale lembrar que a ingestão excessiva de óleos pode prejudicar o bom funcionamento cardiovascular. O consumo de carne vermelha também deve ser reduzido, já que esse alimento pode aumentar o risco de doenças cardíacas.

Não fume

O tabagismo é muito prejudicial para saúde do coração, pois as 4.700 substâncias nocivas presentes no cigarro fazem muito mal para a parede interna dos vasos sanguíneos, o que pode levar a diversos problemas.

Vinho

Nos últimos anos, pesquisas tem mostrados que até dois copos de vinho por dia podem ajudar a reduzir o risco de doenças cardíacas. Isso acontece porque o álcool presente no vinho ajuda a diminuir os níveis de colesterol HDL, desde que em pequena quantidade.

Entretanto, ainda assim, é preciso se manter atento, pois o álcool possui várias calorias e, quando ingerido em excesso, pode causar hipertensão e piorar casos de insuficiência cardíaca, além de causar arritmia.

Cuide do seu sono

Boas noites de sono fazem bem para todo o corpo, inclusive para o coração. Noites de sono mal dormidas podem aumentar os níveis de cortisol, conhecido como o hormônio do estresse, no sangue, o que pode aumentar a suscetibilidade a doenças cardiovasculares.

É importante iniciar o processo de relaxamento antes de dormir longe do celular, no escuro e sem ter tomado doses de cafeína algumas horas antes. Outro detalhe é notar se você ronca ou não. Então, caso tenha um companheiro ou companheira dividindo a casa com você, pergunte a ele.

Na maioria das vezes, o ronco não passa de um simples barulho que algumas pessoas fazem ao dormir. Entretanto, em outros casos, ele pode ser o sinal de um problema grave conhecido como apneia obstrutiva do sono.

Quando a apneia acontece, a respiração é interrompida durante o sono, o que pode fazer com que a pressão arterial aumente consideravelmente, aumentado os riscos de doenças cardiovasculares.

Sobrepeso e obesidade podem aumentar o risco do desenvolvimento de apneia obstrutiva do sono, o que faz com que os pacientes acordem se sentindo cansados. Se você apresenta esses sintomas, vá ao médico verificar se não é o caso de buscar algum tipo de tratamento.

Seguindo as dicas que demos neste texto, você vai conseguir levar uma vida mais saudável e evitar os problemas cardiovasculares. Ficar atento aos sinais para evitar problemas no futuro é especialmente importante em casos de histórico na família.

Agradecemos pela leitura!

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *