WP
53 1

Como aliviar as dores de reumatismo?

Quem sofre de alguma dor crônica sabe o quanto pode ser difícil realizar tarefas simples do dia a dia. Quadros de reumatismo, por exemplo, podem prejudicar a rotina no trabalho, estudos e tarefas domésticas.

A dor intensa e inchaço nas articulações são a principal queixa de quem tem o diagnóstico, sendo as articulações dos joelhos, quadris, pés e pescoço as regiões mais afetadas.

Conviver com o reumatismo não é fácil, mas é importante buscar tratamento. A combinação de exercícios físicos, alimentação saudável, fisioterapia e, quando necessário, tratamento medicamentoso, pode ajudar a aliviar as dores e sintomas. 

Abaixo, explicamos um pouco sobre o que é o reumatismo e quais são os métodos para aliviar a dor. Confira!

O que é o reumatismo?

Reumatismo é o termo utilizado para designar diversas condições que provocam inflamação ou problemas nos músculos, tendões, ligamentos, ossos e articulações. Apesar de ser muito comum entre idosos e pessoas na meia-idade, o termo faz referência a mais de 100 problemas de saúde diferentes, o que faz com que o termo esteja caindo em desuso.

As principais doenças associadas ao reumatismo são a osteoartrite, artrose, lúpus, fibromialgia e artrite reumatoide. O paciente com esses diagnósticos costuma manifestar dor e inchaço nas articulações de forma crônica, sendo necessário acompanhamento médico para tratar a condição e amenizar os sintomas. 

Sintomas

O reumatismo é uma condição que afeta as articulações, especialmente joelhos, pés, quadris e pescoço. Os pacientes que sofrem de alguma doença relacionada ao reumatismo costumam ter como queixa os principais sintomas de:

  • Dores nas articulações;
  • Dificuldade e limitação nos movimentos das articulações;
  • Dor intensa nos músculos próximos da articulação afetada;
  • Cansaço generalizado.

Reumatismo piora com o frio?

Quem convive com alguma doença relacionada ao reumatismo provavelmente já ouviu que durante o inverno e dias mais frios a doença piora. No entanto, não há relação entre as temperaturas mais baixas e uma piora no quadro da doença. Ou seja, o frio não é causa ou fator que torne o quadro de reumatismo mais grave.

Entretanto, as queixas de dores mais intensas nesses dias realmente podem acontecer. No frio, temos a tendência de ficarmos com os músculos mais contraídos e com a flexibilidade reduzida e, por isso, os pacientes sofrem com dores mais intensas. 

Quando associadas a um estilo de vida sedentário, as dores podem ficar ainda mais fortes no frio. Outro fator relacionado ao frio é a contração de veias e artérias e a sensação de espasmos, o que pode aumentar as dores. 

Como aliviar as dores do reumatismo?

O reumatismo é um termo guarda-chuva para se referir as dores nas articulações causadas por outras doenças. Por isso, o tratamento pode variar de acordo com o diagnóstico de cada paciente.

Dentre os principais métodos para aliviar as dores do reumatismo pode-se destacar a fisioterapia, o uso de medicamentos e a prática de exercícios físicos.

Fisioterapia

A fisioterapia possui uma área de atuação específica para o atendimento de pessoas com reumatismo chamada fisioterapia em reumatologia. Essa modalidade de fisioterapia pode ser beneficial inclusive para pacientes que sofrem com limitações diariamente. 

Medicamentos

O médico responsável pelo tratamento e diagnóstico da causa do reumatismo deve avaliar qual o medicamento mais indicado para cada caso. De modo geral, podem ser prescritos anti-inflamatórios, analgésicos, corticoides, imunossupressores e antirreumáticos, que agem amenizando a inflamação e reduzindo os sintomas.

Como alternativa, existe o Drenareuma, um medicamento que auxilia no tratamento do reumatismo e das dores reumáticas agudas e crônicas, além de dores articulares, musculares, nos membros e nos nervos, lombares, cefaleia e entorses.

Sugerimos que seu uso seja feito com acompanhamento médico. Leia a bula e lembre-se de que a automedicação pode causar riscos à saúde. 

Exercícios físicos

De acordo com o site da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), “os benefícios do exercício físico são bastante conhecidos por todos, mas existem alguns que se mostraram extremamente importantes para os pacientes reumáticos”.

O site da SBR também lista quais são os melhores exercícios para pacientes reumáticos. Confira.

Alongamento

Realizar alongamentos ajuda a prevenir as dores do reumatismo, pois fortalece e relaxa os músculos. Para evitar lesões, é importante contar com o apoio de um educador físico e começar aos poucos. 

Respeitar os próprios limites é fundamental para o tratamento do reumatismo, assim como manter uma vida ativa.

Condicionamento muscular

Exercícios como musculação, pilates e yoga, por exemplo, têm como base o alongamento, o fortalecimento dos músculos e a resistência. 

Exercícios aeróbicos

Exercícios aeróbicos são importantes para o tratamento do reumatismo, mas também auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares. Se você está em uma rotina sedentária, comece aos poucos, com curtas caminhadas, por exemplo. Correr e pedalar, também, são ótimos exercícios aeróbicos.

Alimentação

Aliados aos exercícios, fisioterapia e medicamentos, é importante ter cuidados com a alimentação. Alguns alimentos podem ajudar no quadro de reumatismo, por apresentarem substâncias anti-inflamatórias que ajudam a aliviar a dor e inchaço.

Além disso, uma alimentação saudável ajuda a prevenir outras doenças e complicações à saúde.

No dia a dia, inclua alimentos ricos em ômega 3, vitamina A e selênio, como cenoura, fígado, peixes e castanhas.

Fonte(s): Saúde Abril, Tua Saúde e Saúde MG

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *