WP
47 0

Como conseguir energia sem ingerir açúcar

Entenda as consequências do consumo exagerado de açúcar e conheça 6 alternativas para conseguir energia para seu organismo.

Presente basicamente em todo o alimento que consumimos, o açúcar é um alimento diário que não falta no café da manhã, no almoço e até mesmo no jantar. Mas você provavelmente já ouviu falar que sua ingestão excessiva faz mal pra saúde, né? Bom, isto é verdade. E você sabe exatamente o que este alimento, considerado o “veneno do século XXI”,  faz conosco e quais as consequências que traz para o nosso organismo?

Existem três tipos de açúcar que ingerimos regularmente. A sacarose, mais conhecida como açúcar de mesa, é aquela que utilizamos no dia a dia. Em segundo lugar temos a lactose, proveniente do leite e seus derivados e, em terceiro, temos a frutose, que compõe as frutas. 

Estes, durante a digestão, transformam-se em glicose, que impulsiona a geração de energia pelas células do corpo. E é certo que necessitamos de energia para fazer nossas atividades, afinal, caminhar, correr, pensar e outras ações exigem energia do organismo. Contudo, quando consumimos mais que o necessário, algumas adversidades começam a surgir, podendo ser necessária intervenção médica e tratamento preciso. 

Neste texto elencamos alguns dos efeitos causados pelo alto consumo de açúcar, afinal, este está associado quase que diretamente aos riscos de problemas de saúde, que vão desde o coração até o cérebro.

Além disso, enumeramos algumas alternativas que você pode adotar em sua rotina para conseguir energia sem ingerir açúcar e permanecer saudável. Vamos lá?

Efeitos do consumo exagerado de açúcar

Contido em uma infinidade de alimentos, o açúcar traz consigo a possibilidade de desenvolvermos alguns distúrbios no organismo que são prejudiciais à saúde. Além do próprio açúcar branco, outros alimentos como doces, bolos, refrigerantes, molhos, salgados, tortas, entre outros, carregam em sua composição alguns índices de açúcar.

Devido a esta alta taxa de presença nos alimentos que ingerimos diariamente, é provável que ultrapassemos os limites estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que delimitou o consumo máximo de 25g de açúcar por dia (aproximadamente uma colher de sopa cheia).

Conheça a seguir 5 consequências do alto consumo de açúcar:

1. O açúcar vicia o cérebro

Quando no organismo, o açúcar vicia o cérebro uma vez que leva a um aumento da produção do hormônio dopamina, responsável pela sensação de prazer e bem-estar. Desse modo, faz com que o corpo necessite cada vez mais desse alimento, que pode vir no formato de doces, chocolate, refrigerante, entre outros.

Destacamos que, além do vício, o açúcar em grandes quantidades impacta a memória e complica o aprendizado, resultando em baixa produtividade nos estudos e trabalho.

2. Hiperglicemia

O açúcar acumulado no organismo também provoca a hiperglicemia, uma condição médica que refere-se ao alto nível de açúcar no sangue. Isso ocorre, muitas vezes, quando o nosso corpo não consegue permitir a entrada da glicose nas células.

Em situações de hiperglicemia há a dificuldade no fornecimento de energia necessária para o cotidiano, resultantes da falta de força e do cansaço, assim como pode gerar a perda de peso, visão turva, sede constante e vontade de urinar várias vezes ao dia.

3. Excesso de peso

Altos níveis de açúcar no organismo causam o aumento de gordura corporal, resultando no excesso de peso. Esta gordura, muitas vezes, se acumula no coração e abdômen que, somada a condições como sedentarismo e a falta de exercícios regulares, acarreta sérios problemas de saúde.

Além da própria obesidade, o açúcar em excesso também desempenha um papel no desenvolvimento de diabetes, no aumento da pressão arterial (hipertensão), no surgimento de doenças coronárias e nos ataques cardíacos.

4. Prisão de ventre

Algumas pessoas podem ter prisão de ventre porque são mais sensíveis a certos alimentos ricos em açúcar. Estes, muitas vezes são pobres em fibras, o que acaba por afetar o processo digestivo do corpo humano. 

Alimentos mais industrializados como biscoitos, doces, bolos, pães, ketchup e barras de chocolate são alguns dos alimentos ricos em açúcar e que possuem baixa concentração de fibras. Este controle insuficiente do açúcar no sangue pode aumentar a frequência da constipação.

5. Diabetes

Mesmo não sendo o fator principal do Diabetes, o açúcar consegue exercer papel fundamental nesse contexto. Em linhas gerais, o diabetes surge devido a uma série de fatores que, juntos, contribuem para o aparecimento da doença, tais como sedentarismo, genética e, principalmente, o ganho de peso.

A glicose, aqui, tem ação secundária. Por exemplo, se uma pessoa consome açúcar e ganha peso por isso, o próprio açúcar, que está “escondido” em outros alimentos, pode ser visto como uma causa deste ganho de peso, o que pode levar ao diabetes.

6 maneiras de conseguir energia sem ingerir açúcar

Sabemos que resistir ao açúcar pode ser uma luta, que pode se tornar ainda mais difícil visto que está presente em muitos alimentos. Assim, antes mesmo de possíveis sintomas de problemas de saúde começarem a aparecer, é necessário ter uma atenção especial ao que comemos, procurando evitar alimentos ricos em açúcares ou então substituí-los.

A seguir você encontra algumas maneiras de conseguir energia sem ingerir açúcar para fortalecer e alcançar uma alimentação mais saudável:

1. Consuma vitaminas do Complexo B

As vitaminas são importantíssimas para a harmonia e saúde do nosso corpo. Elas exercem papel fundamental na medida em que mantêm um corpo saudável, ativo e que funcione de modo correto.

No que se refere ao fornecimento de energia ao organismo, o complexo B é a recomendação certa. Além de nos revigorar, as vitaminas do Complexo B potencializam as funções cognitivas do cérebro, sendo essencial para a prática de exercícios físicos.

As vitaminas são encontradas, especialmente, em frutas, legumes e cereais. A tiamina, que compõe a vitamina B1, pode ser encontrada nos suínos.

Aqui vai uma dica: para conseguir consumir uma dose correta de vitaminas diariamente, um suco verde é suficiente. Junte frutas verdes (como o limão), vegetais verdes (como o couve e o agrião), gengibre, gelo e água, consumindo-os logo em seguida.

2. Aposte nas proteínas

Necessárias para uma boa estrutura do corpo humano, as proteínas ocupam espaço especial na lista de nutrientes essenciais ao organismo, sendo também imprescindíveis para a obtenção de energia.

Além da própria energia, elas auxiliam em diversas situações: na realização de reações químicas que nosso corpo necessita, na composição do sistema imunológico, na transportação de oxigênio e ferro no sangue e na estruturação das células. As proteínas também compõem o cabelo, pele, unhas, tendões e fibras musculares e nervosas.

Estas substâncias estão em praticamente todos os alimentos de origem animal, sendo a carne, ovos, leite e seus derivados merecedores de destaque.

3. Fortifique seus músculos com o potássio

Indispensáveis para a saúde dos músculos, o potássio auxilia no alívio das dores voltadas à contração muscular, previne cãibras e promove mais disposição e firmeza para os exercícios físicos.

O potássio é regularmente encontrado em leguminosas, amêndoas, banana, espinafre, beterraba, batata-doce e água mineral.

4. Coma frutas diariamente

Se quiser aumentar sua energia, e ainda alimentar-se saudavelmente, as frutas são a sua resposta. O açúcar natural encontrado nas frutas auxiliam na eliminação da fadiga e mantêm uma estabilidade nos níveis de açúcar no sangue. Estes alimentos também são, geralmente, compostos por fibras que dão mais energia ao corpo.

Existem algumas frutas, como a banana — ricas em potássio e vitamina B —, que também mantêm um nível de glicose estável e ajudam a desacelerar o processo de digestão, que costuma exigir muita energia.

Os óleos encontrados no coco são compostos por triglicerídeos de cadeia média —também encontrados no azeite de dendê e em laticínios, ou seja, um tipo de gordura que transforma-se em energia no organismo. Eles permitem que você não tenha cansaço excessivo ou passe o dia com sono e/ou fadigado.

5. Opte por alimentos integrais

Os carboidratos oferecem cerca de 60% da energia necessária para nosso organismo funcionar. E os alimentos integrais, repletos de carboidratos complexos, são cheios de vitaminas e minerais, que melhoram o funcionamento do corpo.

Estes fornecem energia contínua, pois demoram mais para serem digeridos. Outra vantagem dos alimentos integrais é que previnem o aumento da glicose sanguínea após as refeições. Alimentos comuns e processados, como o pão branco — feitos de trigo —, também fornecem energia, mas apenas em um curto período de tempo.

Uma recomendação de alimento natural e integral, rico em fibras, vitaminas do complexo B, proteínas e carboidratos complexos, é a quinoa. Esta planta nativa da região andina oferece grãos nutritivos, essenciais para quem busca por alimentos que forneçam energia e dão a sensação de satisfação até a próxima refeição.

6. Adote uma dieta baseada em ovos

Mesmo sendo controverso em relação a dietas, o ovo é uma boa opção para as pessoas que procuram por alimentos que dão energia. É um alimento rico em ferro e proteína, minerais que auxiliam no aumento da energia diariamente.

Além disso, os ovos possuem colina, um tipo de vitamina B que atua na otimização de funções cerebrais, assim como na produção de energia.

Outras formas de fornecer energia ao seu corpo

Como visto, suas atividades diárias necessitam de energia para que possam acontecer da melhor maneira, sejam exercícios físicos, como corrida, academia, crossfit, ou intelectuais, como uma pesquisa ou um trabalho na frente do computador. Afinal, seus músculos e cérebro têm seus desempenhos melhorados quando possuem uma boa concentração de energia.

Além das maneiras citadas acima, existem outras formas de conseguir energia sem ingerir açúcar, como através do medicamento Forteviron WP Lab® e do suplemento alimentar Energiton®.

O Forteviron WP Lab® é um medicamento homeopático indicado como auxiliar no tratamento da fraqueza física e mental, combatendo a diminuição ou ausência do desejo sexual e auxiliando na melhora do desempenho sexual.

Já o Energiton® é um novo conceito de energético em comprimido. Trata-se de um suplemento à base de cafeína 100% pura que apresenta diversas vantagens em relação aos energéticos convencionais líquidos.

Este suplemento é indicado para atender o público que necessita de energia concentrada ou por mais tempo e não quer ingerir açúcar e/ou calorias. O produto auxilia em atividades que demandam uma descarga de energia ou bastante concentração, como dirigir por mais tempo e estudar por várias horas, pois diminui o sono e a fadiga, revigorando o organismo.

Atenção: é extremamente importante consultar seu médico(a) para a realização de exames prévios, bem como buscar informações sobre a dosagem correta do medicamento, duração do tratamento e outras orientações de uso.

Fonte(s): Conquiste sua Vida, Minha Vida, Ecycle, Jasmine Alimentos, Estadão, Amafresp, Bula do Forteviron e Bula do Energiton.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *