Como funciona a vacina da gripe e quem pode tomar
254 0

Como funciona a vacina da gripe e quem pode tomar

Vacina para gripe deve ser tomada anualmente; encontre informações sobre a Campanha de Vacinação de 2021

É muito comum que, durante as mudanças de temperatura que acontecem ao longo do ano, as pessoas fiquem gripadas ou resfriadas. No frio, por exemplo, tanto lugares públicos quanto privados começam a ter suas janelas mais fechadas, impedindo o trânsito do ar, sendo esta a condição perfeita para a proliferação dos vírus que causam estas doenças. E junto ao aumento das infecções, espera-se um crescente número de procura pela vacina da gripe.

A gripe, em linhas gerais, é caracterizada por ser uma infecção viral causada pelo vírus Influenza  que acomete principalmente o sistema respiratório — nariz, garganta e pulmões — e provoca alguns sintomas como dor de cabeça e musculares, cansaço e fraqueza, febre, tosse entre outros.

Trata-se de uma doença a qual seu grau de intensidade e gravidade pode variar de pessoa para pessoa. Entretanto, geralmente a gripe apresenta uma evolução favorável e é solucionada de forma rápida — entre três e dez dias, porém, podem existir casos em que existam complicações mais sérias que podem ser fatais.

E como modo de combater o vírus que vem contaminar o corpo humano, o sistema imunológico — nosso sistema natural de defesa contra agentes externos — tem como principal objetivo produzir anticorpos para combater tal infecção.

A existência de anticorpos do organismo indica sinais que recentemente já ocorreu algum tipo de infecção, resultando em uma melhor resposta do sistema imune no combate ao vírus. Contudo, a gripe é conhecida por seus vírus estarem em constante mutação, com novas estirpes surgindo regularmente, sendo necessária, então, uma atenção para esta condição.

E você sabia que as maneiras mais seguras e efetivas de prevenir a gripe é a higiene pessoal, cuidados com a imunidade e a vacina? E é exatamente sobre a vacina que trataremos neste texto hoje.

Separamos algumas informações sobre como funciona a vacina para gripe, quem pode tomar a vacina, a campanha de vacinação para 2021, além de alternativas para aliviar os sintomas para pacientes infectados pelo vírus. Confira!

Como funciona a vacina para gripe?

O funcionamento da vacina, em linhas gerais, consiste no contato direto de proteínas da cápsula do vírus inativo — neste caso o Influenza — com o nosso sistema imunológico. É a partir deste contato que a produção de anticorpos inicia-se. E, como mencionado brevemente acima, a partir da presença de anticorpos produzidos é que o organismo consegue lutar contra as cepas do vírus, contendo sua infecção e a possibilidade de replicação, diminuindo, portanto, sua a gravidade da infecção.

O desenvolvimento da vacina é anual e contém proteínas de uma série de cepas do vírus Influenza conforme indicação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que realiza a curadoria e vigilância da aplicação em todo o mundo.

As doses da vacina

  • Para crianças a partir de seis meses de idade: na primeira vacinação são necessárias duas doses com o intervalo recomendado de um mês entre elas;
  • Para as demais pessoas: a vacina é aplicada uma única vez anualmente.

Quem pode tomar a vacina?

A vacina é recomendada a toda população (mas existem contraindicações para bebês menores de seis meses de idade), sendo que o grupo de risco da gripe é composto por crianças, idosos, gestantes, pacientes portadores de doenças crônicas e imunodeprimidos.

Assim, devido à sua recomendação a todas as faixas etárias, quanto maior a cobertura da vacina menor a propagação da doença, visto que a vacina aplicada é inativada (com o vírus ‘morto’) e incapaz de propagar a doença.

No Brasil, as duas vacinas disponíveis são a vacina trivalente e a quadrivalente. A primeira é composta por duas cepas do vírus A e uma cepa do vírus B, estando disponível nos postos de saúde públicos para grupos considerados de risco, bem como em serviços privados. Já a segunda apresenta em sua composição duas cepas do vírus A e duas cepas do vírus B e está disponível somente nos serviços privados.

Campanha de vacinação 2021: onde tomar e outras informações

A campanha de vacinação de 2021 está acontecendo neste exato momento. Iniciou-se no dia 12 de abril e finaliza dia 09 de julho. Por isso, é indispensável a procura pela vacinação o quanto antes, pois os anticorpos são produzidos em um período compreendido entre 10 e 15 dias após a aplicação da vacina, sendo que o pico máximo de anticorpos ocorre entre quatro e seis semanas após a vacinação e que o período de maior circulação e infecção do vírus é de maio a setembro (outono-inverno).

O Calendário de Vacinação definido para 2021 é o seguinte:

  • 1ª etapa: compreendida de 12 de abril a 10 de maio, foi orientada para crianças, gestantes, puérperas (mulheres que acabaram de dar à luz), povos indígenas e trabalhadores da área da saúde;
  • 2ª etapa: compreendida de 11 de maio a 08 de junho, foi orientada para idosos e professores;
  • 3ª e última etapa: acontece entre 09 de junho e 09 de julho.

Onde tomar a vacina?

Como dito acima, a vacina está disponível na rede pública de vacinação — postos de saúde —, bem como na rede privada, para toda a população. Além disso, o município pode definir alguns pontos de vacinação externos aos postos de saúde, por isso, é interessante consultar o site oficial da cidade para encontrar mais informações.

Por que tomar a vacina da gripe?

A vacina é ideal para quem quer se proteger e proteger o próximo. Isso porque, além da própria proteção pessoal, uma vez que reduz o risco de se infectar pela doença ou de gerar complicações maiores, existe o benefício em grupo. Isto é, quanto mais pessoas vacinadas, menor é a circulação do vírus, portanto, menores são os riscos de a doença acometer pessoas que estão no grupo de risco.

A vacina pode dar reações adversas?

Sim, mas não são reações graves nem são todas as pessoas que apresentam tais reações. Cerca de 15 a 20% dos vacinados dizem sentir dor, vermelhidão ou endurecimento no local da aplicação e tais reações costumam sumir no período de 48 horas.

Existem outras reações, como febre, mal-estar e dores musculares, mas que acontecem de modo breve, iniciando aproximadamente seis horas após a aplicação da vacina e que se esvaem em dois dias. Estas respostas são causadas pelo sistema imunológico, que está preparando a produção dos anticorpos, e não do vírus em si, pois trata-se de um vírus inativo que não é capaz de infectar o organismo.

É possível tomar vacina mesmo estando gripado(a)?

Sim, é possível. Contudo, pode ser que haja o risco de sobreposição de sintomas, portanto, é recomendado aguardar a melhora do quadro da gripe (ou resfriado) para a aplicação da vacina.

Atenção: A recomendação, em tempos de pandemia do novo coronavírus, é que não seja feita a aplicação da vacina em pessoas com gripe. Em situações normais, por exemplo, o indivíduo poderia tomar a vacina se não estivesse com febre alta. Contudo, como estamos em um contexto pandêmico, a orientação é aguardar cerca de 14 dias ou até que os sintomas desapareçam para procurar a imunização. É importante lembrar que a vacina para gripe ocasionada pelo vírus Influenza não é eficaz contra o novo coronavírus, uma vez que a relação entre as duas doenças é indireta.

Pegou gripe? Conheça alternativas de aliviar os sintomas

Como visto, a vacina para gripe é essencial. Contudo, estamos sujeitos à contaminação devido à facilidade de propagação do vírus. Portanto, como aliviar e diminuir os sintomas da gripe? Existem algumas maneiras que podem ser adotadas em sua rotina para atenuar os sintomas, como chás para gripe e o uso de suplementos alimentares, como o NUTRIPHYSICAL® – VITAMINA C.

O NUTRIPHYSICAL® – VITAMINA C, disponível no site Clique Bem Estar, é uma fonte saudável de vitamina C, auxiliando o organismo no fortalecimento da imunidade e potencializado por propriedades antioxidantes que combatem radicais livres.
Fonte(s): Alta Diagnósticos, Viva Bem – UOL, Unimed Leste Paulista, Saúde e Bem-Estar

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *