Como uma rotina pode te ajudar com a ansiedade e disposição?

Mesmo entendida como uma reação natural do corpo humano às situações do dia a dia, a cada ano que se passa a ansiedade tem sido intensificada entre a população, tanto que não é à toa que é chamada de mal do século.

Mas você sabe que é possível controlar a ansiedade diminuindo seus sintomas a partir de rotinas diárias? Isso acontece porque, quando seguimos nosso dia com atividades planejadas, que se repetem dia após dia, esta “previsibilidade” de situações propicia sensações de estabilidade e segurança, deixando as pessoas mais tranquilas.

E muitas vezes você pode não perceber, mas seu cotidiano tá tem algum teor rotineiro, como escovar os dentes depois de comer ou tomar banho antes de dormir, por exemplo. O que falta, na maioria das situações, é uma organização dos horários para comer, dormir, estudar, praticar exercícios físicos e outros.

Mas é importante destacar que a rotina não precisa ser 100% repetitiva ou, então, torna-se maçante. Às vezes, ir além das obrigações e optar por momentos de descanso, inovação e diversão é indispensável.

Reunimos neste texto algumas informações para você entender como uma rotina auxilia com a ansiedade e disposição, pois é a partir deste roteiro diário que conseguimos minimizar sintomas de transtornos mentais, prevenindo-os e tratando-os. Uma rotina saudável é essencial para o corpo e mente, pois o dia é melhor aproveitado, o estresse é controlado e ocorre uma maior disposição para a realização das atividades. Confira!

Pessoas que não seguem um tipo de rotina podem sofrer mais

O não estabelecimento de uma rotina pode gerar alguns desconfortos no indivíduo, que não tem previsibilidade em suas atividades, o que pode resultar no abandono de atividades importantes, no aumento das sensações de desânimo e disposição, assim como numa deficiência nas tomadas de decisões.

Pessoas que não seguem um roteiro diário de atividades podem sofrer com:

  • Noites mal dormidas: isso acontece, e muito, devido à ausência de uma lista de tarefas para o dia que virá, sendo necessário o uso de atividades passadas como referência para a programação do dia seguinte. Isso causa um atraso na entrega de demandas, o que causa, possivelmente, insônias e preocupações sobre o que aconteceu ou deixou de acontecer.
  • Estresse: a falta de hábitos diários podem ocasionar um aumento da preocupação devido à imprevisibilidade das atividades, surgindo aqueles pensamentos de “até quando tenho que entregar isto ou quando vou fazer tudo”. Isso aumenta os níveis de estresse e contribui para a ansiedade.
  • Indisposição para fazer atividades físicas: sem uma rotina estabelecida passamos a nos preocupar com outras demandas, sem tempo para pensar em atividades físicas, implicando em um mal condicionamento físico. Em teoria, é necessário um planejamento prévio de horários para a realização de exercícios e esportes.
  • Má alimentação: temos a tendência em optar por comidas rápidas ou fast-foods para facilitar o gerenciamento do tempo, pois não precisamos usar parte do dia para o preparo de alimentos ou fazer compras.
  • Uso ineficaz do tempo e consequente improdutividade: a ausência de uma rotina acarreta em um uso deficiente do tempo, uma vez que podemos deixar de fazer todas as coisas daquele dia. Essa improdutividade também resulta em preocupações excessivas que se transformam em ansiedade.

Como uma rotina auxilia com a ansiedade e disposição

Agora que vimos as possíveis consequências de um cotidiano não planejado, vejamos a seguir os benefícios que um roteiro diário pré-estabelecido pode contribuir com sua saúde mental. Reforçamos que rotina não é sinônimo de tédio e ‘fuga’ da inovação.

Uma rotina pode auxiliar com:

  • Atenuação dos níveis de estresse: a presença de uma lista de tarefas pode facilitar seu dia, principalmente, no preparo e entrega das tarefas e na tomada de decisões. A partir disso ocorre uma aptidão para uma realização das atividades com baixos níveis de preocupação devido à previsibilidade dos acontecimentos, possibilitando mais tempo para relaxar e desenvolver menos sintomas de ansiedade.
  • Boas noites de sono: estudos mostraram que uma rotina influencia na qualidade em como dormimos e descansamos. É a partir de uma saudável definição de horários e hábitos de dormir que é possível promover melhorias na saúde mental, no desempenho, foco e produtividade, nos níveis de energia, além de um bem-estar emocional bastante positivo.
  • Diminuição da preocupação excessiva: a previsibilidade ocasionada pela rotina permite-nos a saber de antemão as atividades que seguem, fazendo com que estejamos preparados para as próximas ações e diminuindo, consequentemente, a preocupação sobre situações inesperadas.
  • Você tem tempo para pensar e cuidar de si: a rotina permite uma série de benefícios para a  adoção de hábitos de vida saudáveis sendo, entre eles, a definição de um tempo necessário para olharmos para nós mesmos e identificar possíveis problemas para buscarmos pela solução. Definir momentos para idas ao médico, praticar exercícios físicos, meditação, alimentação saudável, sono, entre outros, resultam em uma melhor saúde, tanto física quanto mental, propiciadas pela rotina.
  • Rotinas mentais aliviam a ansiedade: o desenvolvimento de cenários previsíveis a partir de alguns hábitos adotados com o objetivo de ajustar os pensamentos e entender o que está por vir ajudam no alívio da ansiedade em relação ao desconhecido. O uso de diários e agendas que planejam os próximos passos contribuem para a restauração mental e bem-estar, deixando-nos mais tranquilos em relação ao dia a dia.
  • Combate ao esgotamento e melhoria da disposição: o acúmulo de estresse, resultante da falta de rotina e consequente ansiedade, pode causar uma significativa exaustão, tanto mental e emocional quanto física, o que afeta relacionamentos interpessoais. Roteiros diários podem auxiliar diretamente na melhoria do esgotamento e da disposição pois, como visto acima, é possível que estejamos preparados para enfrentar as situações do dia a dia a partir do planejamento.

7 hábitos que, acrescentados à rotina, tornam a mente mais saudável e melhoram a disposição

Estudos mostram que precisamos de cerca de 21 dias para formar novos hábitos, hábitos estes que podem ajudar consideravelmente no controle da ansiedade e no aumento da disposição. Por isso, existem algumas atividades que você pode adotar em seu dia a dia para tornar a mente mais saudável e melhorar sua disposição. A seguir, destacamos 9 delas:

1. Comece a sua vida a partir do que faz sentido para você

Preste muita atenção na hora de definir as atividades que adotará em sua rotina. Nem todo mundo necessita de um dia regrado e totalmente baseado em atividades fechadas, sem abertura para outras ações. Leve em consideração de que todo mundo é único, isto é, escolha e defina atividades que funcionam para você e não torne isso uma regra: realize adaptações sobre o que tem feito sentido e descarte o que não tem.

2. Pratique exercícios físicos

A prática de exercícios físicos traz benefícios tanto ao corpo quanto à mente pois, além de dos resultados visíveis ao corpo, que melhoram a autoestima e a confiança, sua frequência libera hormônios como endorfina e serotonina, conhecidos por promover o bem-estar e sensações de satisfação. Em ambos os casos ocorre uma melhoria nos quadros de ansiedade, ajudando no humor, disposição sono e apetite.

Podem ser caminhadas, exercícios moderados, esportes individuais ou coletivos entre outros. Isso melhora o condicionamento físico, além de provocar outros benefícios à saúde, como o controle da pressão arterial, a diminuição de riscos de diabetes e infartos, fortalece a imunidade e combate o estresse.

Portanto, procure reservar uma parte do seu dia para a realização de atividades físicas que lhe dão prazer.

3. Alimente-se melhor

Priorizar uma alimentação saudável no dia a dia é indispensável. Por isso, defina horários fixos para o preparo e consumo da alimentação. Além disso, preze por uma dieta balanceada, sem muitos açúcares, carboidratos ou produtos industrializados. Assim, você terá energia e disposição necessárias para enfrentar um dia com qualidade.

E você sabia que existem alimentos que ajudam na ansiedade e que nos deixam mais tranquilos, além de facilitar a concentração? Tais alimentos são aqueles ricos em zinco, como ovos, ostras, castanhas de caju e fígado; em magnésio, como acelga e espinafre; em ácido fólico, como os aspargos; e aqueles considerados probióticos, como iogurtes, chuchu e picles.

4. Tenha boas noites de sono

O sono é uma atividade diária essencial para o controle da ansiedade e melhoria da disposição. Por isso, é fundamental que você respeite seu local e horário de sono, definindo em sua rotina horários adequados para dormir. Além disso, evite trazer problemas, atividades e cenários que estimulam a preocupação. Dormir é uma ação de descanso, que permite uma desaceleração do corpo e da mente, portanto, respeite este momento.

Para tanto, antes de dormir faça pequenos rituais que antecedem e auxiliam no relaxamento do corpo, como ler um livro, realizar uma alimentação leve e ficar longe do celular por pelo menos 30 minutos antes de dormir.

5. Faça pausas durante o trabalho

Em toda e qualquer atividade, a pausa é necessária, pois recoloca o corpo e mente em harmonia. Por isso, faça pausas para tomar água, ir ao banheiro, alimentar-se ou apenas respirar. Defina o melhor tempo de descanso para você antes de retornar às atividades do dia a dia. O uso de alarmes e lembretes podem auxiliar nesse processo.

Outra recomendação feita aqui é que, durante as pausas, procure alongar-se, ainda mais se as atividades que você realiza são repetitivas, como digitar, escrever ou atender ao telefone. Isso ajuda a evitar futuros problemas e contribui para a saúde mental e física.

6. Controle a respiração

Se deseja relaxar e diminuir os níveis de estresse ou ansiedade, a respiração diafragmática é uma excelente opção. Durante as pausas em suas atividades cotidianas, utilize um tempo para aprender e controlar a respiração. 

Com as duas mãos nas laterais do corpo, na altura do diafragma (abaixo do coração), inspire e vá abrindo o diafragma para receber o ar que entra nos pulmões, impedindo que a região do peito se mova. Após isso, solte o ar, despressurizando a região do diafragma. Se possível pratique este tipo de respiração na frente de um espelho. 

7. Passe menos tempo nas redes sociais

Uma ação que, atualmente, tem provocado altos níveis de ansiedade e estresse na população, é o uso intensificado das redes sociais. Mesmo que sejam essenciais para a comunicação, trabalho e socialização — afinal, entramos em contato com nossos amigos, familiares e conhecidos e ficamos sabendo de acontecimentos —, as redes sociais podem provocar um aumento nos sintomas de ansiedade. Devido ao alto contato com uma infinidade de informações, desinformação e outros fatores, como o ato de comparar nossas vidas com as dos outros, isso torna-se maléfico para nossa saúde mental.

Aqui, portanto, a dica é: procure utilizar as redes sociais por menos tempo e dedique-se a outras atividades na vida real e offline, prezando por sua saúde mental e física.

É importante destacar que estas dicas auxiliam no combate à ansiedade e contribuem para a melhoria da disposição, mas nem tudo é regra. Se você, após adotar tais ações em sua rotina, ainda encontrar sintomas de ansiedade, recomendamos que consulte um especialista no assunto. Ele poderá realizar um diagnóstico preciso sobre sua realidade e dar sequência no tratamento indicado.

Outras maneiras de controlar a ansiedade e melhorar a disposição

Neste texto, você pode compreender um pouco mais sobre como uma rotina auxilia com a ansiedade e disposição, encontrando também dicas sobre como alcançar seus objetivos que visam a uma boa saúde mental e física. Além dessas dicas, existem outras indicações que podem auxiliar no controle da ansiedade e melhorar a disposição, como é o caso de medicamentos e suplementos. Entre estes destacam-se o Nervocalm WP Lab®, o Energiton® White* e o Energiton® Black*.

O Nervocalm WP Lab® é um medicamento de ação imediata e efeito gradual, com substâncias ativas de origem natural, referenciadas nas matérias médicas homeopáticas em todo o mundo, indicado como auxiliar no tratamento dos sintomas da ansiedade leve e insônia.

O Energiton® White é indicado no aperfeiçoamento da disposição. Foi criado para atender o público que precisa de energia concentrada ou por mais tempo e não quer ingerir açúcar e caloria. Pode ser tomado a qualquer hora do dia ou da noite, não sendo necessário a combinação com nenhuma bebida.

Já o Energiton® Black, também indicado para melhorar a disposição, apresenta maior concentração de cafeína. São 420mg de cafeína 100% pura. Tomando apenas 1 comprimido você terá o máximo de energia por até 8 horas em média, sendo ideal para quem gasta extrema energia por um curto período de tempo.

Atenção: é extremamente importante consultar seu médico(a) para a realização de exames prévios, bem como buscar informações sobre a dosagem correta do medicamento, duração do tratamento e outras orientações de uso.

*Este produto não substitui uma alimentação equilibrada e seu consumo deve ser orientado por nutricionista ou médico. Este produto não deve ser consumido por crianças, gestantes, idosos e portadores de enfermidades. Os portadores de arritmia cardíaca e hipertensão devem evitar até mesmo dosagens moderadas, ainda que eventuais, da substância.Fonte(s): Psicóloga Karla Cardoso, Comunidade Rock Content, Blog Liv Up, Northwestern Medicine, NYC Therapy, Bula do Nervocalm e Energiton.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *