5 dicas para controlar a ansiedade

Medo, angústia, insegurança e desconforto. Quem nunca teve alguns desses sintomas que atire a primeira pedra. Embora todos eles sejam comuns à todas as pessoas, quando os percebemos de maneira desmedida, a ponto de isso comprometer a nossa rotina, podemos estar com algum problema.

Como se não bastasse o estresse do dia a dia, a pandemia de coronavírus é outro fator que contribui para nos deixar mais preocupados. Se por um lado o que acontece à nossa volta é inevitável, por outro a maneira como reagimos a tudo isso pode ser controlada.

Desde a forma como você encara o mundo, passando por hábitos de vida ou mesmo medicamentos, há diversas formas de se manter mais tranquilo independentemente do contexto em que você vive.

1. Pratique atividades físicas

Um dos fatores que mais tem deixado as pessoas ansiosas no período de quarentena é a falta de atividades físicas. Em muitas cidades, academias e parques estão fechados e sair às ruas não é uma opção. Por isso, mesmo em casa, é importante que você inclua na sua rotina o hábito de fazer alongamentos e exercícios na medida do possível.

A prática de exercícios eleva a produção de serotonina, uma substância que aumenta a sensação de prazer. Além disso, dependendo do exercício, a repetição e a concentração necessárias são momentos que podem ser utilizados para reflexão, reduzindo a ansiedade e proporcionando maior tranquilidade.

2. Tenha boas noites de sono

Todos nós precisamos de pelo menos oito horas de sono por noite para repor as energias. Quando não dormimos bem, o corpo sente os efeitos nos dias seguintes. O cansaço acumulado gera desconcentração e reduz a produtividade, elementos que consequentemente contribuem para nos deixar mais ansiosos.

Estabeleça uma rotina de sono, com horários fixos para ir se deitar e acordar. Além disso, evite levar o celular para a cama ou ligar a TV antes de dormir. A luz artificial das telas dificulta a desaceleração do organismo, fazendo com que você demore mais para adormecer. Durma em um ambiente escuro, sem ruídos, confortável e com temperatura agradável. 

3. Mude a maneira de encarar a vida

As pressões profissionais e pessoais, aliadas à disputa velada que as redes sociais fomentam, são fatores que contribuem para o aumento do estresse e da ansiedade. Temos a sensação de que precisamos estar disponíveis a todo momento, uma demanda que parece ter crescido ainda mais em tempos de pandemia. Mesmo em casa, nos vemos na “obrigação” de estar atentos a qualquer notificação que surja.

Tendemos a supervalorizar problemas e críticas e subvalorizar elogios ou situações que deveriam nos dar alegria. Aceitar que certas coisas não podem ser mudadas, respirar fundo e tentar encontrar equilíbrio na forma como encaramos a vida são maneiras de deixar o dia a dia mais leve e reduzir os níveis de ansiedade em médio e longo prazo. Se for preciso, procure auxílio psicológico profissional para entender como lidar com certos conceitos. 

4. Alimentação adequada é igualmente importante

A ansiedade pode levar você a comer demais, buscando na alimentação uma forma de suprir alegrias que o dia a dia não proporcionou. Por mais que a tentação seja grande, entenda que ela não será a responsável por reduzir sua angústia. É importante que você mantenha uma dieta regrada, consumindo alimentos em quantidades condizentes com suas necessidades.

Uma boa dica é recorrer a alimentos que tenham triptofano como nutriente. Essa substância é uma das responsáveis pela formação da serotonina, que auxilia a melhorar o humor e a proporcionar uma sensação de bem-estar. Proteínas como carne, peixe, ovo, leite e derivados são ricas em triptofano.

5. Recorra a orientação médica

Alguns distúrbios de humor ou do sono podem requerer tratamento medicamentoso. Ao consultar um profissional de saúde ele pode recomendar a utilização de calmantes, como o Nervocalm WP LAB, disponível em caixas com 20 ou 60 comprimidos, comprimidos ou solução oral contendo 20mL.

Trata-se de um medicamento de ação imediata e efeito gradual, com substâncias ativas de origem natural, referenciadas nas matérias médicas homeopáticas em todo o mundo, indicado como auxiliar no tratamento dos sintomas da ansiedade leve e insônia. Entre os seus insumos ativos estão Argentum nitricum e o Kali bromatum. Consulte a bula em comprimidos ou em gotas.

…..

Como você lida com a ansiedade no dia a dia? Que outras técnicas de relaxamento funcionam para você e que podem ser indicadas para outras pessoas? Compartilhe nos comentários suas dicas para tornar a rotina menos estressante.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *