5 dicas para se manter calmo em 2021

O ano de 2021 promete ser de muitos desafios, assim como o de 2020, no qual vivenciamos diversas mudanças em todas as áreas, especialmente devido à pandemia.

Nesses momentos, pode ser muito difícil manter a calma e, com isso, o estresse e ansiedade se instauram, nos impedindo de seguir em frente. 

Sendo assim, é fundamental buscar alternativas para preservar a saúde mental e aliviar o estresse. Neste texto, você vai entender o que é o estresse e a ansiedade, e quando eles se tornam problemáticos. 

Além disso, reunimos 5 dicas que vão te ajudar a manter a calma neste novo ano de desafios que é 2021. Boa leitura!

O que são estresse e ansiedade?

Tanto o estresse quanto a ansiedade são reações naturais do organismo a situações de tensão e ambos possuem vantagens e desvantagens.

Se por um lado a ansiedade nos ajuda a não nos expor a situações de perigo, o estresse nos ajuda a perceber quando estamos cansados física e mentalmente. Ou seja, o nosso corpo sinaliza em que momento necessitamos manter a calma.

Pode parecer contraditório dizer que ambos são “vantagens”, mas essas reações são importantes para a evolução do ser humano.

Em contrapartida, a ansiedade e o estresse em excesso podem nos deixar paralisados diante de situações cotidianas.

Além dos sintomas emocionais, a ansiedade e o estresse promovem sintomas físicos desgastantes.

Quando o estresse e a ansiedade se tornam problemáticos?

Embora seja natural sentir ansiedade e estresse, existem sinais de alerta para desacelerarmos. Isso nos ajuda a não sobrecarregar corpo e mente.

A ansiedade, por sua vez, quando ponderada, assim como nos tempos antigos, age como uma forma de nos deixar atentos a situações de perigo.

Contudo, ambos se tornam problemáticos quando ocorrem em grande intensidade, frequência e constância ou sem motivo aparente. 

O estresse em excesso, inclusive, pode ser um fator de risco para o desenvolvimento da ansiedade patológica.

Nesses casos, é ideal procurar um médico especialista, como o psiquiatra, especialmente se o estresse e ansiedade não possuírem um motivo aparente.

Em todo caso, é possível adotar algumas mudanças no estilo de vida e começar a praticar algumas técnicas de relaxamento. Confira:

5 Dicas para se manter calmo em 2021

O estresse e a ansiedade patológicos devem ser tratados pelo médico especialista, seja com acompanhamento psiquiátrico ou psicológico. 

Entretanto, existem tanto mudanças no estilo de vida quanto técnicas de relaxamento que podem te ajudar a se manter calmo. Confira:

1. Respire fundo

Quando nos encontramos em uma situação estressante, é comum que tanto o ritmo cardíaco quanto a respiração fiquem mais acelerados. 

Essa é uma resposta inconsciente do nosso organismo, que está se preparando para fugir.

Uma forma para se acalmar diante dessas situações é focar na respiração.

Respire fundo. Dessa forma você vai se acalmando, diminuindo o ritmo dos batimentos cardíacos e oxigenando o sangue e o cérebro, o que ajuda a ter mais clareza nas ideias para que se consiga sair da situação de estresse.

Uma técnica respiratória aplicável é a respiração diafragmática, que impacta positivamente no relaxamento e autocontrole. Para praticá-la, você deve:

– Sentar-se em uma cadeira confortável com a coluna ereta;

– Colocar uma mão sobre o peito e outra sobre a barriga;

– Observar o movimento das mãos e tentar respirar elevando somente a região abdominal (o que indica que você está respirando pelo diafragma);

– Inspirar, contando até 4, prendendo a respiração por 2 segundos, e expirando lentamente até esvaziar os pulmões, mantendo-o vazio por mais 2 segundos.

A respiração como forma de relaxamento também é muito presente em atividades como o yoga, que tem como foco proporcionar bem-estar físico e mental.

2. Experimente a meditação

A meditação é uma prática com efeitos positivos comprovados sobre o estresse e a ansiedade, sendo uma ótima forma de buscar equilíbrio emocional e manter-se calmo diante de situações estressantes.

Essa técnica milenar consiste em tirar um tempo para refletir e viver o momento presente. 

Consiste em sentar-se em um lugar confortável e esvaziar a mente de todos os pensamentos ao focar-se em tudo ao seu redor.

A prática da meditação é recomendada por diversos médicos e psicólogos, pois, além de reduzir o estresse, tem efeitos positivos em quadros de ansiedade e depressão.

Para isso, existem diversos aplicativos e canais online de meditação guiada, interessantes para quem não possui prática em meditação e não sabe por onde ou como começar.

3. Durma bem

Uma boa noite de sono é essencial para que o nosso organismo possa se autorregular. É durante o sono que nosso cérebro armazena as memórias do dia e é também durante o sono que nosso organismo aproveita o tempo em repouso para a regulagem hormonal.

Dormir uma noite de sono tranquila é uma forma de garantir que seu corpo não produzirá hormônios como o cortisol de maneira excessiva, o que pode te levar ao estresse e a ansiedade.

Portanto, priorize seu sono. Pratique a higiene do sono, tirando do quarto qualquer coisa que possa atrapalhar esse processo, como televisões e outros dispositivos que possam emitir ruídos durante a noite.

4. Se exercite

Os exercícios físicos são muito importantes para a saúde de maneira geral. A sua prática, entretanto, não tem impacto somente sobre o nosso físico, mas também sobre os estados mentais.

Isso porque, durante a prática, nosso corpo libera endorfinas, hormônios de bem-estar, que, a longo prazo, nos ajudarão a levar uma vida mais feliz e menos estressante.

5. Tire um tempo para si mesmo

Na vida, tudo é equilíbrio. Por isso, quando dedicamos muitas horas do dia ao trabalho, sem tirar momentos de descanso, o estresse naturalmente vai às alturas. 

Por isso, é fundamental priorizar o descanso, principalmente em regimes de trabalho home office, em que muitas pessoas acabam estendendo a jornada de trabalho.

Determine uma rotina regrada de trabalho, com horário de entrada e saída. E, se possível, faça pausas ao longo do dia para se alongar, tomar um café e conversar com um amigo.

Fazendo isso, além da sua produtividade aumentar, você vai se sentir menos cansado no final do dia e, consequentemente, menos estressado.

Nos momentos de descanso, evite pensar no trabalho e busque atividades prazerosas para descansar o corpo e a mente.

Outras formas de se manter calmo

Em alguns casos o estresse e a ansiedade podem não desaparecer através de técnicas naturais, como as que vimos anteriormente. Nesses casos, o ideal é consultar um psiquiatra para avaliar sua situação mais detalhadamente.

Caso você esteja sofrendo de algum problema psiquiátrico, este médico irá diagnosticá-lo e poderá prescrever medicamentos para te ajudar a superar esses quadros.

Outra forma de tratar o estresse e a ansiedade é através de medicamentos auxiliares, como o Nervocalm WP LAB, um medicamento homeopático composto de substâncias ativas de origem natural.

O Nervocalm WP LAB é indicado como auxiliar no tratamento dos sintomas da ansiedade leve e da insônia.


Fonte(s): BBC, Contabilista, Rock Content, Convenia, RD Saúde em dia e Bula Nervocalm.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *