sintomas-de-ovulacao
WP
74 0

Sintomas de ovulação: aprenda a reconhecer essa fase do ciclo!

Algumas mulheres podem sentir alguns sintomas de ovulação mensalmente, além dos sintomas de TPM e da própria menstruação em si. 

Entender os sintomas da ovulação e saber calcular o dia em que ocorre é fundamental, principalmente para quem está tentando engravidar ou para quem deseja evitar uma gestação, por exemplo.

Para isso, é importante ter um autoconhecimento sobre o corpo e entender a maneira como este se comporta durante a fase de ovulação do ciclo menstrual.

Atualmente, existem várias formas de calcular a ovulação e de lidar com os sintomas. Confira no artigo abaixo e veja como reconhecer esses sinais!

O que é a ovulação?

Ovulação é a liberação do óvulo através de um dos ovários no organismo feminino dentro de um ciclo menstrual, conhecida por período fértil. Nessa fase, o óvulo é liberado em direção à tuba uterina e permanece “disponível” por um período para uma possível fecundação por espermatozóide, caso ocorra uma relação sexual desprotegida.

Com o estímulo do hormônio FSH, produzido pela hipófise (glândula localizada no cérebro), o sistema reprodutor feminino inicia o ciclo menstrual produzindo vários folículos, os quais estimulam a produção do estrogênio.

Com níveis mais altos de estrogênio, os folículos se desenvolvem, porém somente um deles torna-se dominante e amadurece, enquanto os outros atrofiam.

Na véspera da ovulação, o folículo dominante atinge seu pico de estrogênio e, simultaneamente, a hipófise passa a produzir grandes quantidades de outro hormônio denominado LH.

Dentro de um período que pode variar de 24 a 36 horas, o folículo dominante se rompe e libera o óvulo. Nesse momento, ao ter uma relação sexual desprotegida, a mulher tem grandes chances de engravidar.

Essa fase ocorre naturalmente no organismo feminino mensalmente em cada ciclo menstrual.

Quais os sintomas da ovulação?

A ovulação, assim como a menstruação e a TPM, pode se manifestar de diferentes formas em cada organismo. Algumas mulheres podem não sentir sintomas relacionados, ou esses sintomas podem se manifestar de maneira branda a ponto de não serem reconhecidos como sintomas da ovulação.

Esse último exemplo pode ser comum para as mulheres que possuem um ciclo menstrual irregular, pois calcular com precisão o período fértil pode ser mais dificultoso.

De modo geral, os sintomas mais comuns da ovulação são físicos, mas também podem ser mais específicos e sutis. Veja abaixo quais são eles:

Dor abdominal ou dor pélvica

Um dos sintomas mais característicos da ovulação é a dor abdominal ou pélvica, também conhecida pelo termo médico alemão dor “mittelschmerz”, traduzido como “dor no meio”. 

Por consequência da reação dos ovários na produção dos folículos, que acabam aumentando de tamanho, as mulheres podem apresentar uma dor na região inferior do abdômen em um dos lados da região pélvica ou em ambos. 

Essa dor pode ser leve ou intensa, como uma pontada ou cólica e pode ocorrer antes, durante ou após a ovulação. Pode apresentar duração de poucos minutos ou estender-se por horas.

Aumento da temperatura corporal basal

Um dos sintomas da ovulação é a variação de temperatura corporal basal em repouso. Embora seja mais difícil de percebê-lo, as mulheres podem apresentar variação de 0,3 a 1ºC após a ovulação.

Para identificar esse sintoma, é necessário ter o auxílio de um termômetro bem preciso. No caso das mulheres que estão tentando uma gestação, este sintoma pode auxiliar nesse processo. 

Muco cervical

O corrimento vaginal é um sintoma comum às mulheres, quando não associado a cheiros fortes, coceiras, ardor e outros sintomas. Na ovulação, esse corrimento pode manifestar-se como sintoma, mas há uma variação nas características do muco. Na ovulação, a mulher pode apresentar um corrimento transparente (clara de ovo) e elástico. 

Aumento de LH

Durante a ovulação, a hipófise produz o LH, que estimula o amadurecimento dos folículos produzidos pelos ovários. Por esse motivo, apesar de não se manifestar fisicamente, é uma medida utilizada nos testes de ovulação.

Aumento da libido

Algumas mulheres podem apresentar aumento da libido durante o período fértil, especialmente durante a ovulação.

Escape 

Embora seja mais raro, pode ocorrer escape de sangue no momento da ovulação, ou seja, uma quantidade de sangue liberado no momento da liberação do óvulo para as tubas uterinas. 

Saliva

Durante a ovulação, a saliva da mulher pode apresentar grandes quantidades de sais, como o cloreto de sódio. Essa é uma reação natural diante do aumento de estrogênio e outros hormônios.

Como aliviar os sintomas da ovulação?

Os sintomas da ovulação costumam ser leves e, por isso, em muitos casos não há tratamento recomendado ou indicação medicamentosa. No entanto, durante a ovulação, a mulher pode também apresentar sintomas comuns a Tensão Pré-Menstrual, como a própria dor pélvica, inchaço nas mamas, entre outros sinais. 

Para esses casos, existem alternativas e formas de amenizar os sintomas. O medicamento homeopático TPM Reduxina, por exemplo, auxilia no tratamento dos sintomas relacionados a Tensão pré-menstrual (TPM), como ansiedade, dor de cabeça, inchaço, fadiga muscular e outros.

Na ovulação ou durante a TPM, diante de qualquer sintoma atípico ou intenso, é importante buscar ajuda e aconselhamento médico antes de iniciar qualquer tratamento medicamentoso.

Como saber se estou ovulando?

Além de reconhecer a ovulação através de todos os sintomas apresentados, é possível confirmá-la através de exames, como ultrassonografia dos ovários, medição da temperatura axilar e vaginal, teste da saliva e dosagem hormonal.

Ainda, mulheres que possuem um ciclo menstrual regular, podem identificar a ovulação através da calculadora de ovulação, disponível em vários aplicativos, que ajuda no controle do período fértil e menstrual, fundamental tanto para as mulheres que estão planejando uma gestação ou para aquelas que desejam ampliar o autoconhecimento sobre o corpo. 

———————————————————

Fote(s): MDSaúde, BR Clearblue, Trocando Fraudas e Bula: Bula Tpm Reduxina

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *